Galeria

Tudo se Perde…

(Cássia Alfeu, em 24 ABR 1984 )   Tudo se perde… A aurora boreal de um dia fugaz O alvorecer de uma vida entre sonhos audazes A inquietação de uma expansão vasta A estrela fugaz que ilum…

Fonte: Tudo se Perde…

Anúncios
Galeria

Não Sei Quantas Almas Tenho

524-o-azul-do-mar-do-caribe

(Fernando Pessoa) Não sei quantas almas tenho. Cada momento mudei. Continuamente me estranho. Nunca me vi nem achei. De tanto ser, só tenho alma. Quem tem alma não tem calma. Quem vê é só o que vê,…

Fonte: Não sei quantas almas tenho

Galeria

Uma escolha

” Ninguém pode voltar atrás e fazer um novo começo. Mas qualquer um pode recomeçar e fazer um novo fim.”

                                                                                                                                                (Chico Xavier )

O caminho que cada um de nós trilha em sua breve história de vida é muito similar a de outros. São poucos os que veem além de si próprios naquele exato momento em que vivem e que optam por caminho diverso daquele tradicional.

O ser humano vive em função de suas escolhas. A princípio são escolhas inconscientes, meio que automáticas, controladas pelo frenesi dos hormônios na juventude, depois, pela correria do dia-a-dia, faculdade, auge da vida profissional, casamento, filhos, casa, amigos, manter-se em forma… 24 horas é pouco tempo pra se fazer o que se tem pra fazer. Daí percebemos que foram nossas escolhas, pequenas ou grandes, que nos levaram até ali e que vão traçar nosso dia de amanhã.

Então o tempo passa e você se pega reduzindo o ritmo, os filhos crescem, a correria diminui, menos trabalho, até mesmo os amigos diminuem… na teoria mais tempo pra si mesmo.

Mas, e o que fazer consigo mesma? Foi tanto tempo sem olhar pra dentro de si, que ficou um certo vácuo. Falta algo! Religião? Fé? Precisamos descobrir o que mais gostamos de fazer pra preenchermos o espaço que ficou vazio.

Viajar! Esta foi a minha resposta! Algo que sempre fiz com muito gosto! E por que não dividir estas experiências legais com outras pessoas?

Meu marido e eu viajamos desde que nos conhecemos. Inicialmente, visitamos boa parte do nosso País, depois, após uma viagem com uma família de amigos para o interior da Argentina, percebemos que podíamos ir mais além das fronteiras brasileiras.

A partir daí, passamos a dividir nossas férias em dois períodos por ano e percebemos que os gastos com nossas viagens seriam investimento pra nossa vida!

A ideia do blog surgiu numa viagem que fiz com minha irmã Denise, à Nova York. Eu fiz o roteiro da viagem, ela gostou e sugeriu que eu dividisse minhas experiências por meio de um blog. Amei a ideia! Era algo que já havia passado pela minha cabeça. Fiquei sem saber como começar, então comecei.

A primeira experiência que quero dividir foi uma incrível viagem que fiz ao Fim do Mundo, na Patagônia Argentina. Um canto do mundo que morava no meu consciente viajante!

A essência do blog é dividir o meu contentamento em viajar, mas pretendo ser eclética, um pouco de tudo, filmes, livros, comidas, dicas de dona de casa, dicas que possam facilitar o dia-a-dia…

LIVRE ARBITRIO.jpg
Foto tirada dentro da Catedral de Sal em Bogotá, Colômbia – Eu a chamei de Livre Arbítrio.

 

 

 
 

(mais…)